fbpx

6 jogos físicos educativos e sites para aprender e se divertir muito

Dos clássicos jogos educativos de tabuleiro aos games didáticos digitais, a proposta pode ser mais que diversão e incluir muito aprendizado. Confira neste artigo algumas dicas para viver a alegria do brincar através da interação com outros colegas ou com as telas, desenvolvendo diversas habilidades.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

As crianças dos anos 80 e 90 vão se lembrar do Pense Bem, um dos primeiros brinquedos eletrônicos com a proposta de ser um jogo didático. Naquele tempo, era difícil encontrar um amigo que tivesse um desses jogos educativos e ao mesmo tempo, ultra modernos para a época. Hoje, muitas crianças têm o hábito de jogar usando aparelhos que, curiosamente, têm mais capacidade computacional do que as maquinas que ajudaram a enviar o homem à Lua no fim dos anos 1960.

De nada adianta tanta tecnologia se não a utilizamos de maneira correta, desenvolvendo conhecimentos e habilidades dos pequenos. Com tantas opções nas lojas e na rede (web), fica até difícil saber escolher aquele que vai além da diversão, contribuindo também com o cognitivo, raciocínio lógico, coordenação motora e demais habilidades.

Pensando nisso, separamos uma lista com 3 jogos offlines didáticos e 3 espaços digitais educativos para que os seus filhos possam aprender brincando. Prepare-se para alguns momentos de nostalgia nesse artigo:

 1 – WAR

WAR
WAR

Muita gente jogou, divertiu-se, sentiu-se desafiado e as vezes, até se desentendeu por um momento com o jogador “adversário” com esse clássico. Mas pare para pensar: ele é ou não é uma grande aula de história e geografia? Durante uma partida, você pode mudar as regras: ao invés dos dados, vence o exército que mais acertar perguntas sobre aquela região em disputa. Além disso, existem algumas edições temáticas do jogo, como império romano, vikings e Segunda Guerra Mundial. Com isso, é possível tornar o aprendizado ainda mais específico. Além de apresentar às novas gerações um dos jogos físicos que fizeram parte da educação e da vida de muitas crianças no passado.

2 – ORANGE, RED, GREEN ou WHITE STORIES

stories
Stories

Mais novo, o jogo “Stories” faz parte de uma coleção com quatro temas diferentes. Cada caixinha contém 50 cartas de histórias misteriosas.
Um dos jogadores, o “guia”, escolhe uma carta e lê o mistério em voz alta para os demais participantes, os “aventureiros”. A solução do mistério está no verso da carta e deve ser lida em silêncio.
Então, os aventureiros, começam a fazer perguntas para o “guia” para se aproximarem/descobrirem a solução do mistério. O guia só pode responder “sim”, “não” ou “irrelevante para o caso”. Os aventureiros podem trocar ideias e aconselhar uns aos outros e assim, solucionar o caso em equipe.

3 – JOGO DA MEMÓRIA E QUEBRA CABEÇA

Dois verdadeiros clássicos, estes jogos trabalham memorização, coordenação motora fina, resolução de problemas e muitos outros pontos da cognição infantil. Assim como em todo jogo, a ideia é ir aumentando a dificuldade conforme os desafios comecem a ser facilmente resolvidos pela criança. Comece, por exemplo, com um jogo da memória com quatro pares e vá aumentando de dois em dois conforme a criança compreende o funcionamento da brincadeira. Do mesmo modo, inicie com quebra-cabeças com menos peças.

4 – MANGAHIGH – jogos didáticos

MANGAHIGH - jogos didáticos
MANGAHIGH – jogos didáticos

Entrando na era do digital, temos um site especialista em games de matemática. Com uma proposta bastante moderna e inovadora, o Mangahigh visa ser um espaço que promove o aprendizado híbrido (presencial + digital), tendo o professor como ponto de apoio entre o conteúdo ensinado em sala e os conhecimentos necessários para vencer os desafios propostos por cada game. Alinhado à BNCC (Base Nacional Comum Curricular), os exercícios transformados em jogos têm o seu grau de dificuldade 100% de acordo com o que é exigido pelo Base Nacional Comum Curricular para o aprendizado nas escolas de todo o país.

5 – COKITOS – Jogos Educativos

COKITOS - Jogos Educativos
COKITOS – Jogos Educativos

Com um leque de opções mais vasto, este site tem desde a matemática até exercícios de memorização, lógica e muito mais, passando por atividades mais lúdicas, inglês e inclusive digitação. Desenvolvido em Portugal, ele não segue a BNCC, mas separa os conteúdos por idade, tendo até jogos voltados para o público já crescido, mas que sente que precisa de um reforço nesta ou naquela matéria. Um prato cheio para o cérebro em qualquer idade.

6 – ESCOLA GAMES – Jogos Educativos

ESCOLA GAMES - Jogos Educativos
ESCOLA GAMES – Jogos Educativos

Mais simples, este site separa os jogos pelo nível de dificuldade, sendo mais voltado para crianças da primeira fase do Ensino Fundamental. Além de games, conta com livros ilustrados, criando possibilidades para atividades que envolvam diversos pontos do desenvolvimento da criança em sala ou em casa.

CONCLUSÃO

A tecnologia passou a ser fundamental no processo de aprendizagem de crianças e adolescentes. Os jogos educativos online podem ser um excelente aliado para o aproveitamento escolar extraclasse. Ajudam a melhor a produtividade do aluno, tornam o conteúdo visualmente mais interessante e fácil de ser compreendido além de despertar a curiosidade, interesse e criatividade. 

Apesar das inúmeras vantagens e benefícios que os jogos virtuais possibilitam, eles não substituem as atividades com outras crianças. Os jogos “offline” não são coisa do passado e continuam sendo indispensáveis.  Proporcionam a socialização com os pares da mesma idade, a comunicação, negociação e empatia.  

Bom, agora você já sabe, né? Se seu filho gosta de jogar on-line, não se preocupe. Apresente jogos que possam agregar em diferentes campos de experiência e não deixe de estipular um tempo para as telas. Combinados são importantes. Especialistas recomendam no máximo uma hora por dia. Mostre outros tipos de jogos como os de tabuleiro, cards, dominó, entre outros. Conte qual seu preferido e com qual você costumava brincar na infância. Que tal disputar uma partida de War em família?

Estimular ambos os modos de jogos pode e deve ser um fator positivo para as crianças pois cada um tem muito a contribuir. 

Quem um dia aprendeu, será capaz de ensinar. 

O que acha de vir com a gente e dar start em tudo isso?

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

É BÁSICO, É PARA A VIDA

Deixe seus dados abaixo para conhecer melhor o lugar que vai fazer do seu filho o protagonista de seu próprio aprendizado.

espere...